Ortodontia: Novas tecnologias e técnicas avançadas

A Ortodontia da atualidade é uma mais que uma especialidade odontológica que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares. As novas tendências revelam precisão no diagnóstico e um resultado bem mais natural.

Em uma sociedade em rede, onde a aparência é tudo, o sorriso vale muito. Dentes que não se encaixam corretamente, ou aqueles que estão visivelmente tortos são difíceis de encarar. Além disso, podem ser perdidos de forma precoce, devido às doenças periodontais. Por outro lado causam estresse adicional aos músculos de mastigação que pode levar a dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas.

Uma das soluções para chegar ao sorriso mais alinhado e esteticamente perfeito, é o tratamento ortodôntico, que além de deixar a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável. Segundo a dentista e empreendedora, Dra. Ayra Lucato, as inovações na ortodontia são observadas em todos os quesitos que vão desde novos materiais de colagem, braquets inteligentes até na qualidade dos exames para avaliação. “Nesse ponto houve realmente grande transformação com a chegada das tomografias que apresentam extrema definição das imagens possibilitando diagnóstico muito mais seguro”, destaca a especialista.

De acordo com Dra. Ayra, as indústrias que fabricam e comercializam insumos e equipamentos para odontologia tiveram grande desenvolvimento nas últimas décadas com materiais revolucionários que trouxeram mais conforto para o pacientes e dentistas melhorando a eficiência dos procedimentos e aumentando inclusive a capacidade de atendimento dos profissionais. “Falar de técnica na ortodontia muitas vezes pode parecer controverso, pois a melhor aparatologia ortodôntica é aquela que poderá trazer mais benefícios para o paciente diminuindo seu tempo de permanência na cavidade oral”, ressalta a dentista.

Mais importante que técnica é o diagnóstico preciso, pois somente a partir dele, existe a indicação do melhor dispositivo a ser utilizado podendo ele ser de qualquer técnica. Para ampliar o conhecimento da ortodontia o profissional da odontologia deve ingressar em um curso de especialização que seja reconhecido pelo MEC e CFO. O curso deve ensinar conceitos teóricos e práticos de diagnóstico ortodôntico e habilitar os alunos em todas as possibilidades mecânicas de tratamento. A ortodontia é a especialidade que mais demanda tempo de desenvolvimento quando se trata de curso de especialização. São três anos de intenso aprendizado, porém ainda não é a conclusão da formação do bom profissional. “Manter se atualizado é imperativo, não só para ortodontia como também para as outras especialidades, consequentemente após a conclusão da especialização é importante frequentar cursos de reciclagem e congressos para o profissional permaneça próximo das novidades cientificas e das atuais tendências tecnológicas”, afirma Dr. Ayra.

Dra. Ayra Lucato é diretora Nexo Odontologia, em Fortaleza, que oferta cursos de especialização e aperfeiçoamento em Odontologia. Segundo ela, a preocupação com os detalhes e o acolhimento dos alunos são valores vividos na Nexo Odontologia e por isso a  oferta de material didático atualizado aos alunos é um  dos muitos diferenciais da escola. “A Nexo Odontologia é a única escola do Brasil que possui cursos de especialização + residência onde o aluno pode aprender trabalhar e ser remunerado, fato que abre uma nova frente de trabalho possibilitando ganho em todos sentidos, formando profissionais altamente qualificados para atuar no mercado extremante competitivo”, destaca.

Fonte: Revista Odonto Nordeste

Compartilhar:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Contato