Odontologia é aliada no combate aos distúrbios do sono

Estudos apontam que 30% da população tem apneia. Tratamentos odontológicos podem aliviar os sintomas.

O ato de roncar ao dormir nem sempre representa sono profundo e descanso. Essa vibração sonora pode representar mais do que um incômodo para quem dorme ao lado. O ronco pode ser sintoma da Síndrome de Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS), um distúrbio respiratório crônico, caracterizado por um colapso das vias aéreas superiores, ocasionando diminuição ou ausência do fluxo de ar para os pulmões durante o sono.

A apneia do sono se caracteriza por episódios de obstrução total das vias respiratórias, enquanto na hipopneia há uma redução parcial de cerca de 30% do fluxo respiratório. De acordo com o membro da Câmara Técnica de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial e do grupo de Odontologia do Sono do Conselho de Odontologia de São Paulo (CROSP), João Paulo Tanganeli, a apneia do sono é comum e, de acordo com estudos, acomete cerca de 30% a 35% da população adulta.

Fonte: www.segs.com.br

Compartilhar:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Contato